O Termo Flacidez refere à qualidade ou estado de flácido, ou seja: mole, frouxo, lânguido.

Na estética o termo é utilizado com o mesmo significado, não definindo as estruturas que podem apresentar tal comportamento.

Pode-se classificar a flacidez não como uma patologia distinta, mas sim como uma “seqüela” de vários episódios ocorridos como por exemplo: inatividade física, emagrecimento edemasiado, o excesso de sol (fotoenvelhecimento), sedentarismo, alimentação inadequada, efeito sanfona e etc.

A flacidez também pode acontecer em estado fisiológico. A que todos nós estamos sujeitos. Após a terceira década, inicia-se uma contínua perda de massa muscular que é substituída por gordura.  O fenômeno metabólico mais evidente do envelhecimento, a pele tende a se tornar delgada em alguns locais, enrugada, seca e ocasionalmente escamosa. As fibras colágenas da derme tornam-se mais grossas, as fibras elásticas perdem a sua elasticidade e há um decréscimo gradual da gordura depositada no tecido subcutâneo. Todas essas alterações propiciam o aparecimento da flacidez que neste caso envolve a flacidez de pele e de músculo.

Métodos Utilizados: Rádiofrequência, Carboxiterapia, Corrente Russa, Corrente Aussie e Power Plate. 

Numero de Sessões: de 10 a 20 Sessões. Dependendo do tratamento.